Domingo, 26 de Junho de 2022
14°

Muitas nuvens

São Paulo - SP

Tecnologia Amazonas

Governo realiza Fórum Permanente de Desenvolvimento Sustentável para promover diversificação econômica no AM

17/06/2022 às 14h35
Por: Cadoo Munhoz Fonte: Secom Amazonas
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

Evento ocorrerá nos dias 20 e 21 de junho com o objetivo de discutir novos vetores para fortalecer a matriz econômica do estado

Com o objetivo de fortalecer a matriz econômica com atividades que apresentam potencial no Amazonas, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), promove nos dias 20 e 21 de junho, o Fórum Permanente de Desenvolvimento Sustentável e a 296ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam). A iniciativa prevê a criação de um plano estratégico para alavancar e diversificar a economia do Amazonas. O evento inicia às 8h30 no salão Rio Solimões do Palácio Rio Negro, bairro Centro, na zona sul.

Mais que um modelo de diversificação econômica, o Fórum é um compromisso do Governo do Amazonas que foi desenhado para discutir e criar alternativas que gerem ocupação e renda para a população da capital e do interior, fortalecendo e complementando a economia do Polo Industrial de Manaus (PIM). Para o interior, a ideia é trabalhar a expansão de lavouras industriais (cacau, café, açaí e outras culturas), assim como, incentivar o uso sustentável dos recursos naturais, a exemplo do manejo florestal sustentável.

Para o titular da Sedecti, Angelus Figueira, os novos vetores que serão discutidos, no Fórum, podem mudar o rumo da economia do estado a curto, médio e longo prazo.

“A orientação do governador Wilson Lima é trabalhar um Fórum de discussão permanente para que seja possível investir nos potenciais que temos. Vamos focar em vetores que possam, não só dinamizar nossa economia, mas fortalecer caminhos, como a bioeconomia, o manejo florestal sustentável, a indústria de petróleo e gás, a mineração sustentável e a economia criativa. Tudo, é claro, com muita responsabilidade ambiental e dentro do que a Lei permite”, resumiu Figueira.

Parcerias

O evento conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e da Agência de Cooperação Técnica Alemã – GIZ, além da participação de instituições de todos os segmentos público e privado que promovem, direta e indiretamente, a economia do estado, assim como, a presença de empresas com potencial investidor.

A programação inclui a realização de palestras e exposições divididas em seis eixos: Polo Industrial de Manaus; Comércio, Serviço e Turismo; Serviços Florestais; Mineração, Óleo e Gás; Agropecuária Sustentável; Bioeconomia e Inovação.

Atores

Participarão do fórum, as Federações das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam); dos Trabalhadores na Indústria do Estado do Amazonas (FTIAM); dos Trabalhadores Rurais e Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Amazonas (Fetagri); do Comércio do Amazonas (Fecomercio) e da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea); além do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam); da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur); das Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e Cultura e Economia Criativa; da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Amazonas (SAF/Mapa).

Além de instituições de ensino, pesquisa e assistência ao produtor, como a Universidade do Estado do Amazonas (UEA); Universidade Federal do Amazonas (Ufam); Instituto Federal do Amazonas (Ifam); Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e ainda prefeituras municipais, associações de municípios e empresas como a Mil Madeiras e Eneva.

Potencialidades

A ideia de diversificação econômica inclui atividades como a exploração do gás, potencialidade comprovada e em plena expansão, o manejo florestal que tem como diretriz a conservação da floresta e a produção sustentável.

Atualmente, o estado conta com cerca de 32 milhões de hectares de florestas passíveis de fazer manejo florestal sustentável. Desse total, já estão sendo habilitados mais de 2,5 milhões de hectares para início imediato do plano de manejo.

Outros ativos da bioeconomia como o pirarucu de manejo, conhecido como “a pérola do extrativismo moderno”. E, ainda, atividades de potencial econômico no interior do Estado como a piscicultura (criação de peixes), óleos vegetais, farinha, banana, açaí, cacau e castanha-do-Brasil.

No turismo, a ideia é mostrar a diversidade local de forma sustentável e criativa, priorizando roteiros que valorizem as belezas naturais da região.

Na inovação tecnológica, a Sedecti e instituições parceiras irão apoiar as startups, que na maioria são lideradas por jovens, trazem soluções inovadoras para atender necessidades do mercado. A economia criativa também está ligada à inovação e essa iniciativa gera conteúdo de consumo, de bens e serviços.

Codam

Na ocasião, o Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) realizará a 296ª Reunião Ordinária com foco na discussão e aprovação de projetos de interesse econômico, social e na formulação da política de incentivos fiscais e extrafiscais do estado.

O Codam aprovou, no período de 2019 a 2021, um total de 609 projetos, resultando em R$ 36,11 bilhões em investimentos e na geração projetada de 22.771 novos postos de trabalho.

Em 2022, nas duas últimas reuniões do Codam que foram realizadas nos meses de fevereiro e abril, foram aprovados o montante de R$ 3,5 bilhões em investimentos previstos para os próximos três anos, com mão de obra projetada para 2.954 novos postos de emprego para o Amazonas.

O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) é um órgão colegiado, vinculado ao gabinete do Governador do Estado, tendo o governador como presidente e o secretário da Sedecti, como vice-presidente.

O calendário anual, resoluções e as pautas das Reuniões do Codam estão disponíveis no site da Sedecti (www.sedecti.am.gov.br), na aba Codam.

Programação:

20/06

08h às 9h – Abertura de instalação do Fórum Permanente de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas e da 296ª (ducentésima nonagésima sexta) – Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (CODAM).

9h às 10h – Reunião do Codam e assinatura da resolução de aprovação dos projetos do Polo Industrial de Manaus (PIM).

10h às 12h- Instalação do Fórum Permanente de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas e do Conselho Consultivo e Deliberativo do Fórum, assinatura do ato.

14h às 15h – Primeiro Painel: Polo Industrial de Manaus (PIM) – Avanços e Desafios.

15h às 16h- Segundo Painel: Avanços e desafios da área de comércio, serviços e turismo.

16h20 às 17h30 – Terceiro Painel: Serviços da floresta – avanços e desafios.

21/06

08h30 às 09h30 – Quarto Painel: Mineração, Óleo e Gás – Avanços e Desafios.

09h30 às 10h30 – Quinto Painel: Agropecuária Sustentável – Avanços e Desafios.

11h às 12h – Sexto Painel: Bioeconomia e Inovação- Avanços e Desafios.

12h às 12h30 – Encerramento

Ele1 - Criar site de notícias